Arquivo mensal dezembro 2017

poradmin

Você tem escolha: Se queixar ou se mover, qual é a sua?

No período atual, com empresas buscando melhorar constantemente as vendas e aumentar resultados, procurando meios para ficar cada vez mais distante dos reflexos da tão citada crise, algumas empresas têm conseguido a façanha de superar as dificuldades.. É difícil acreditar que isso seja possível, mas sim, é possível alcançar o crescimento em tempos tão complicados. A grande e decisiva diferença, está no comportamento diante da adversidade. Muitos empresários acreditam que se queixar pode trazer algum benefício ou que alguém, uma boa e caridosa alma, lhe entregará uma receita mágica, a sonhada fórmula do sucesso – ainda há quem acredite nela – só pode ser esse o motivo de alguém optar pela  escolha de se queixar.

Estagnação é a palavra do momento, o comércio está estagnado, a indústria está estagnada, a política está estagnada, a bolsa de valores, o PIB, o cenário geral é de total estagnação. Talvez por isso, algumas pessoas também escolham ficar “estagnadas” não é? Só pra combinar com o cenário atual, pode até ser isso também… mas, ironia a parte, o motivo não importa muito. O que não dá pra continuar é o comportamento da espera, a esperança precisa ser um sentimento, mas não um comportamento.

Ouço sempre: “Ah, vamos esperar mais um pouco…”, “Espero que melhore, ai fazemos alguma coisa…”, será que essa é a melhor saída? Pois não é, esteja certo disso. Esperança é uma palavra que vem do latim SPES, tem o significado de “confiança em algo positivo”. Dependemos da esperança para manter vivos em nós, muitos aspectos necessários para a vida, faz parte da natureza humana e contribui para o bem estar, mas, para os negócios não é assim que funciona.

Existe um ditado popular que diz: “A esperança é a última que morre”, se lembra dele? Pois é, ele não serve para a sua empresa, sem dúvidas seu negócio será o primeiro a sofrer, se você continuar esperando e não se mover. Você pode até dizer, “Mas não fico só esperando, acordo cedo e trabalho todos os dias, como sempre fiz!”, e ai está o ponto da questão, o “como sempre fiz”, ele é o mesmo que ficar somente esperando, pois, quando as coisas não estão indo bem, enfrentamos dificuldades, precisamos fazer algo diferente, buscar alternativas e refletir sobre medidas e ações que farão diferença naquele momento. Das “dores” do seu negócio, você é o médico, precisa buscar o remédio para amenizar os sintomas, se um remédio não causa efeito é preciso testar outro, mas jamais esperar que o período difícil se afaste pelo tempo destinado à esperança.

Planeje uma ação, medidas simples no dia a dia podem fazer uma grande diferença no quadro geral de sua empresa, convide seus colaboradores a pensarem em alternativas para  ampliar os resultados das funções de cada um deles. Esclareça e defina pontos que são decisivos para o bom funcionamento de seu negócio. Continue estabelecendo metas, se não as fazia antes comece a estabelecê-las. Alinhe-as com ações estratégicas focadas e estruturadas. Deixe mais claro ainda que você está buscando formas de fortalecer seu empreendimento, para passar por períodos difíceis, sem ser altamente atingido por isso. Mova-se…  afinal, você tem escolha, se queixar ou SE MOVER! E ai, qual vai ser a sua?

Conte sempre com a VAN Agência de Negócios, não importa o tamanho de sua ação, você sempre poderá fortalecer sua empresa com um de nosso serviços.

Boa sorte em seu planejamento e ÓTIMOS NEGÓCIOS!

poradmin

A comunicação e os negócios

A comunicação é um dos fatores mais importantes de uma corporação. Sem ela, não seria possível existir uma interação entre duas pessoas ou animais. Na faculdade costumávamos dizer que, este “evento” de interação, acontece quando há o contato entre duas ou mais consciências, este é considerado comunicação.

Entretanto, a comunicação corporativa, não existe somente para que possamos divulgar os produtos e serviços. Ela existe também como um dos principais pilares de um negócio, pois ela está tanto no ambiente externo, através das publicações, publicidade e propagandas, quanto no ambiente interno, através do dia a dia dos colaboradores.

O ato de se comunicar dentro do ambiente profissional direciona o bom andamento da empresa, através de uma comunicação eficiente, na qual todos os envolvidos entendem com clareza a pretensão do negócio e trabalham para atingir a meta e os objetivos. Mas esta comunicação eficiente nem sempre acontece, aliás, dificilmente ela acontece.

Contudo, esse fator esta escasso devido as empresas e seus responsáveis se esquecerem de dar atenção a este fator decisivo para o crescimento de qualquer instituição. É preciso foco e atenção nesse âmbito, dos negócios da atualidade, com treinamentos, leituras e busca de conhecimento frequente, cada dia mais, conseguiremos driblar nas empresas, esse desafio da atualidade, o da comunicação interna eficiente.