Categoria blog

poradmin

Você tem escolha: Se queixar ou se mover, qual é a sua?

No período atual, com empresas buscando melhorar constantemente as vendas e aumentar resultados, procurando meios para ficar cada vez mais distante dos reflexos da tão citada crise, algumas empresas têm conseguido a façanha de superar as dificuldades.. É difícil acreditar que isso seja possível, mas sim, é possível alcançar o crescimento em tempos tão complicados. A grande e decisiva diferença, está no comportamento diante da adversidade. Muitos empresários acreditam que se queixar pode trazer algum benefício ou que alguém, uma boa e caridosa alma, lhe entregará uma receita mágica, a sonhada fórmula do sucesso – ainda há quem acredite nela – só pode ser esse o motivo de alguém optar pela  escolha de se queixar.

Estagnação é a palavra do momento, o comércio está estagnado, a indústria está estagnada, a política está estagnada, a bolsa de valores, o PIB, o cenário geral é de total estagnação. Talvez por isso, algumas pessoas também escolham ficar “estagnadas” não é? Só pra combinar com o cenário atual, pode até ser isso também… mas, ironia a parte, o motivo não importa muito. O que não dá pra continuar é o comportamento da espera, a esperança precisa ser um sentimento, mas não um comportamento.

Ouço sempre: “Ah, vamos esperar mais um pouco…”, “Espero que melhore, ai fazemos alguma coisa…”, será que essa é a melhor saída? Pois não é, esteja certo disso. Esperança é uma palavra que vem do latim SPES, tem o significado de “confiança em algo positivo”. Dependemos da esperança para manter vivos em nós, muitos aspectos necessários para a vida, faz parte da natureza humana e contribui para o bem estar, mas, para os negócios não é assim que funciona.

Existe um ditado popular que diz: “A esperança é a última que morre”, se lembra dele? Pois é, ele não serve para a sua empresa, sem dúvidas seu negócio será o primeiro a sofrer, se você continuar esperando e não se mover. Você pode até dizer, “Mas não fico só esperando, acordo cedo e trabalho todos os dias, como sempre fiz!”, e ai está o ponto da questão, o “como sempre fiz”, ele é o mesmo que ficar somente esperando, pois, quando as coisas não estão indo bem, enfrentamos dificuldades, precisamos fazer algo diferente, buscar alternativas e refletir sobre medidas e ações que farão diferença naquele momento. Das “dores” do seu negócio, você é o médico, precisa buscar o remédio para amenizar os sintomas, se um remédio não causa efeito é preciso testar outro, mas jamais esperar que o período difícil se afaste pelo tempo destinado à esperança.

Planeje uma ação, medidas simples no dia a dia podem fazer uma grande diferença no quadro geral de sua empresa, convide seus colaboradores a pensarem em alternativas para  ampliar os resultados das funções de cada um deles. Esclareça e defina pontos que são decisivos para o bom funcionamento de seu negócio. Continue estabelecendo metas, se não as fazia antes comece a estabelecê-las. Alinhe-as com ações estratégicas focadas e estruturadas. Deixe mais claro ainda que você está buscando formas de fortalecer seu empreendimento, para passar por períodos difíceis, sem ser altamente atingido por isso. Mova-se…  afinal, você tem escolha, se queixar ou SE MOVER! E ai, qual vai ser a sua?

Conte sempre com a VAN Agência de Negócios, não importa o tamanho de sua ação, você sempre poderá fortalecer sua empresa com um de nosso serviços.

Boa sorte em seu planejamento e ÓTIMOS NEGÓCIOS!